Paul_P._HarrisSobre o fundador do Rotary

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos EUA. Aos três anos de idade, Paul e seu irmão Cecil, então com cinco anos, foram viver com seus avós paternos em Wallingford, Vermont, nos EUA. Em Vermont, como ele recorda em suas memórias Meu Caminho para Rotary: "Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo".

A jornada em direção à educação levou o jovem Paul às Universidades de Vermont e de Princeton, e em seguida à Universidade de Iowa, onde formou-se em advocacia, em 1891. Ao receber seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de dedicar-se à sua nova profissão.

Em 1896, terminadas suas peregrinações, Paul estabeleceu-se em Chicago e começou a praticar o direito. Foi em Chicago que Paul teve a idéia de criar um clube para homens de negócios e em 23 de fevereiro de 1905 reuniu-se com três amigos: Silvester Schiele, Hiram Shorey e Gustavus Loehr, formando o primeiro Rotary Club.

Nos primeiros anos de vida da organização, Paul trabalhou incessantemente para expandir o Rotary tanto nos Estados Unidos como no exterior. Quando a National Association of Rotary Clubs, predecessora do Rotary International, organizou sua primeira convenção, em 1910, Paul foi eleito presidente. Exerceu dois mandatos consecutivos e, na convenção de 1912, recebeu o título de Presidente emérito. Ele foi o único rotariano a ser honrado dessa forma.

Paul conheceu sua futura esposa Jean Thomson em 1910, durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontraram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Foi nessa casa que o casal recebeu a visita de incontáveis rotarianos.

Mais tarde os Harris viajaram pelo mundo promovendo o Rotary. Eles plantaram árvores da amizade em quase todos os continentes, como símbolo do compromisso da organização com a compreensão e a paz mundial.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 e foi enterrado no cemitério de Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963.

Em Meu Caminho para Rotary, Paul atribui aos valores nele incutidos por seus avós e vizinhos a base que levou à concepção do Rotary:
"O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim".
 
 
RCTO - Todos os direitos reservados
Webdesign: Alceu J. de Sá - Presidente do Clube no ano Rotário 2010-2011, com o lema "Fortalecer Comunidades, Unir Continentes".
  Site Map